domingo

Com minha mãe.

Ela chama-se Ana Maria e tem 52 anos,ela é a minha mãe.Eu chamo-me João e tenho 23 anos.Tudo aconteceu numa manha de sexta feira quando eu andava de volta de uma empregada boa de 29 anos que vem fazer limpeza cá a casa uma vez por semana.Eu tenho o habito de olhar para ela e sabia que ela gostava disso,então quando ela entra em meu quarto para fazer limpeza eu estava todo nu e com uma tesão do caraças.A minha empregada ficou parada a olhar para mim e para o meu pau,então eu fechei a porta do quarto e encostei-a na parede e comecei a baixar as calças delas e disse-lhe que a ia foder ali e agora.Nesse momento entra a minha mãe no quarto que me vinha dizer qualquer coisa e nos apanhou naqueles propositos,ela ficou furiosa e mandou a empregada sair e começou a mandar vir comigo ao que eu lhe disse que não tinha nada que entrar no quarto sem pedir licença.Estavamos a discutir,mas eu continuava nu com o meu pau duro em frente á minha mãe,então quase sem querer reparei que a minha mãe de vez enquando olhava para o meu pénis e comecei a ficar ainda mais duro e com tesão.Fechei a porta do quarto,peguei no braço da minha mãe e empurrei-a para cima da cama.Minha mãe assustada perguntava o que era aquilo,apenas dizia que ela já ia ver.Sem demoras,deitei-a na cama e pus-me por cima dela avançado com o meu pau em direcção á cara dela e perguntei-O que achas mãe?Ela não disse nada e tenta sair debaixo de mim,mas não conseguia então encostei o meu pau na boca dela e estranhamente ela começa a dar-lhe beijos,aos poucos ia abrindo a boca e chupando meu pau,fiquei quieto e deixei-a fazer o que quisesse ela sozinha.Ao fim de uns segundos,minha mãe chupava meu pau que entrava e sai da sua boca.Que loucura...Que sensação...Que bom...Enquanto minha mãe me chupava o pau,eu agora estava de volta das suas mamas e começava a desabotoar a camisa dela ficando com aqueles enormes seios á solta debaixo se um sotien preto,comecei acariciá-los e senti aqueles mamilos rijos.Afastei-me um pouco,minha mãe soltava uma lágrimas talvez pelo que tava acontecer,mas dei-lhe um beijo na cara e fui descendo até começar a chupas as mamas da minha mãe que não se mexia e nada dizia.Parecia que estava desmaiada,mas quando fui em direcção ás pernas dela puxei a saia para cima e logo lhe tirei suas cuecas ficando com aquela cona á mostra.Tinha muitos pêlos,alguns já brancos,tinha dificuldade em ver sua entrada de sua cona,mas logo tratei de lhe abrir mais as pernas vendo melhor aqueles lábios de sua cona e sem aguentar mais comecei a lember aquela rata da minha mãe.Nesse momento,minha mãe suspirava e dava ligeiros gemidos ao mesmo tempo que dizia-Meu Deus,não.Não parei e continuei durante uns minutos,sentia que ela estava a gostar pois estava de olhos fechados, mordia seus lábios e ás vezes abanava a cabeça de um lado para o outro.Eu não aguentava mais tinha de a foder,então abri-lhe bem as pernas e enfiei o meu pau todo de uma só vez,entrou todo dentro da rata da minha mãe,ela gritou e abriu os olhos e voltou a fechá-los.Comecei com uns movimentos lentos a entrar e a sair,deitei-me sobre ela que me abraça forte,nesse momento senti o prazer que minha mãe estava a sentir e comecei com mais força e mais rápido a enfiar o meu meu pau nela.Estava cara a cara com minha mãe e a fode-la,ela respirava forte e gemia,não resisti e encostei meus lábios nos dela dando-lhe um beijo.Continuei assim durante mais uns minutos até que não aguentava mais e acabei por me vir na barriga dela,terminei e saí de cima dela,ela cansada e fraca levantou-se e saiu do meu quarto e até hoje não me consegue encarar de frente.Tenho a certeza que ela gostou apesar de ser errado,mas não sei se irá voltar acontecer.
Fim.